Como Fazer Marketing Digital para Advogados?

Neste artigo de Marketing Digital Para Advogados você irá aprender como atrair clientes na internet de forma natural e automática com o menor custo.

Segundo pesquisa realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 181 milhões de brasileiros estavam conectados à internet em 2019, isso significa que sete a cada dez brasileiros estão navegando na web.

Só essa informação já deixa bem claro a necessidade da seu escritório de advogados estar presente e atuante nas plataformas da Internet. Por este motivo, você precisa se dedicar a essa nova realidade de comunicação e abraçar o marketing digital.

Marketing digital não é tão diferente do marketing tradicional, a diferença é que agora você tem novas possibilidade de aplicar estratégias eficazes na internet.

O objetivo continua o mesmo, atrair novos clientes, só que agora realizando isso por meio do mundo digital e este é o momento para aumentar o número de seus clientes através de estratégias de marketing digital para advogados, afinal muitas pessoas estão em casa procurando seus serviços neste exato momento.

O advogado tem como característica fundamental a capacidade de resolução de conflitos e problemas. Não obstante, há muitas pessoas com dúvidas jurídicas e outras que desconhecem seus direitos mais básicos. Sabendo disso, agora você pode dizer que a sua missão é informar a essas pessoas sobre seus direitos aumentando suas chances de ser encontrado.

Se seu site não traz leads suficientes ou se você pensa que somente estar nas redes sociais é suficiente, você precisa aprofundar mais nas suas estratégias de marketing digital sempre respeitando a ética recomendada pelas Ordens dos Advogados.

Os meios do marketing digital mais importantes na atração de novos clientes são as seguintes:

  • Website – fundamental para captação de clientes;
  • Google – anúncios e SEO para estar na frente da concorrência e bem posicionado na sua região;
  • Redes Sociais – estratégia vital para direcionar visitantes ao seu website;
  • Integrações – integração de ferramentas de agendamento, pagamento e teleatendimentos no seu site;

Ficar fora da internet atualmente é perder espaço para concorrência e diminuir suas receitas.

O que pode fazer de marketing digital para advogados?

  1. Anúncios da sociedade de advogados, com nomes e registro na OAB dos advogados, número de registro da sociedade de advogados, endereço eletrônico e horário de atendimento;
  2. Advogados podem ter website e um blog e fazer anúncios no Google, observando as mesmas regras dos meios tradicionais de publicidade;
  3. Advogados podem usar logotipos compatíveis com a sobriedade da Advocacia.
  4. Advogados podem mencionar as suas especialidades em anúncios;
  5. Advogados podem usar fotografias em seu site compatíveis com a sobriedade da advocacia;
  6. Divulgação de eventos nos quais o advogado irá participar como palestrante.

O que não pode ser feito de marketing digital para advogados?

  1. advogado não pode fazer divulgação através de rádio ou TV;
  2. advogado não pode usar cores extravagantes na identificação do escritório de advogacia. As cores devem ser discretas e moderadas;
  3. Advogado não pode fazer publicidade em locais de utilização pública, como clubes esportivos, nem em uniformes esportivos;
  4. Advogado não pode fazer publicidade ao lado de ofertas de serviços e produtos de consumo;
  5. Advogado não pode fazer publicidade em paredes de edifícios nem
    pode estampar nome profissional em objetos como chaveiros e calendários;
  6. Advogado não pode fazer publicidade em eventos que não sejam da área jurídica;
  7. Advogado não pode utilizar expressões de atividade comercial , como “consulte-nos hoje mesmo!” ;
  8. Advogado não pode divulgar o preço dos serviços;
  9. Advogado não pode oferecer consultas gratuitas em seu site;
  10. Não é permitida a utilização de fotos dos Tribunais (evitar associação do órgão com o escritório).

Estratégias de marketing jurídico eficazes

Crie um site

O site para um advogado é o seu principal ativo. O seu endereço virtual é tão importante quanto seu endereço físico. Os visitantes vão localizar o advogado, conhecer sua especialidade, entender seus serviços e a partir daí se tornarem clientes.

O site tem a missão de receber seu futuro cliente, encantá-lo e gerar a conversão (consultas). Ele deve ser utilizado como uma extensão das suas ações para obter mais clientes.

Seja como for, ele deve agregar valor ao seu trabalho e entregar conteúdos relevantes como textos, artigos e vídeos.

O marketing de conteúdo, também conhecido como inbound marketing, é muito importante e os websites precisam ser atualizados constantemente.

Ao mesmo tempo a versão mobile fará a diferença, uma vez que 70% das pesquisas são feitas por celulares.

O advogado precisa dar condições para que o lead encontre seu site entre tantos outros.

Os principais benefícios para o advogado de ter um site são:

  • Ser encontrado pelos clientes por meio de mecanismos de buscas;
  • Divulgar os serviços principais;
  • Se conectar com as redes sociais;
  • Expor trabalhos;
  • Contar novidades;
  • Publicar eventos.

Um dos maiores desafios dos advogados é construir um site atrativo que gere conversões, então é importante criar um website com conteúdos qualificados e relevantes com curiosidades, análises e dicas. Dessa forma, o advogado passa a ser visto como uma autoridade em sua especialidade.

Lembre-se que atualmente muitas pessoas consideram o próprio Google como o seu advogado pois basta pesquisar o assunto e está tudo lá, pensando que não precisa de um advogado especialista, mas no fundo eles sabem que não é bem assim.

Não desenvolva um site com várias páginas pois para gerar mais conversão (pessoas marcando consultas), o site deve ser no estilo de página única com blog, pois segundo pesquisa do Google este tipo de site é 3 vezes mais eficiente do que aqueles em que há muitos menus e abas.

A vantagem do site com página única é que o visitante rola a página enquanto as informações vão surgindo na tela. Não há cliques.

Porém, nada adianta ter um site com conteúdo qualificado, lindo e com página única, se ele não possui um bom ranqueamento no Google. Para solucionar esse problema, o marketing digital para advogados utiliza dos anúncios online, também conhecido como tráfego pago, e do SEO.

Anuncie no Google

Você pode pagar para posicionar seu site nas posições da primeira página da pesquisa para palavras chaves que você escolher.

Essa técnica é a mais rápida para conquistar clientes, pois eles já estão procurando pelo tipo de serviço que você oferece. Além disso, um bom posicionamento no Google na busca orgânica fará toda a diferença, então utilize as palavras-chaves ao seu favor.

Pesquisas apontam que os usuários da internet pesquisam até a segunda página do Google. Se o site não está inserido nessas duas páginas, ele provavelmente não será visto pelo seu público-alvo.

O Google Ads é a plataforma do Google que ajuda seu site a atrair atenção. Em qualquer pesquisa do Google, os primeiros resultados são anúncios de empresas que pagaram para estarem nas primeiras posições, acima de todos os concorrentes.

Todos os dias há pessoas que vão procurar por alguma palavra chave ligada à sua especialidade, direito trabalhista, por exemplo. No entanto, você somente irá pagar ao Google, se realmente o usuário clicar no seu anúncio, o que diminui os riscos do investimento.

Crie um perfil no Google meu Negócio

Esta é a rede social do Google focada em negócios locais. Grande parte das pesquisa atualmente são de localização, por isso a captação de clientes vai ser maior para quem estiver próximo do seu escritório e fizer alguma pesquisa de advogados na região.

Utilize as Redes Sociais

A maioria dos usuários da internet passam muito tempo nas redes sociais, principalmente no Instagram, Facebook, LinkedIn e Twitter. Estar fora das redes sociais não é uma opção para os advogados que desejam investir em marketing.

É preciso planejar e executar uma estratégia voltada para redes sociais para que o advogado alcance e interaja com seu público-alvo.

Antes de criar seu perfil nas redes sociais, veja as normas das Ordens de Advogados sobre publicidade. Temos um artigo muito bom sobre código de ética da OAB para marketing de advogados em nosso blog.

Escolha as redes sociais mais indicadas para sua especialidade, sabendo que não é necessário estar em todas elas e que elas são aliadas na comunicação com seu público e servem para fortalecer a fidelidade, credibilidade e reconhecimento junto ao seu público alvo.

Porém, tenha cuidado em relação a sua divulgação pois as ações de marketing digital para advogados são restritas.

Faça Vídeos

Os vídeos humanizam e aproximam o seu serviço de seu potencial cliente. Ao ver a imagem do advogado, o cliente já sente confiança e cria um laço emocional importante.

Invista em SEO

Já mencionamos a importância do SEO (Search Engine Optimization) para o Google, mas vale a pena ressaltar tal importância e a diferença que ele proporciona nos resultados de marketing digital para advogados.

Um bom marketing sempre utiliza esta ferramenta ao seu favor, não importa o setor. Ela atrai visitantes ao seu site, mas é preciso trabalhar muito bem com o uso das palavras-chave.

O marketing jurídico digital deve utilizar palavras de nicho em seus conteúdos para tornar a pesquisa do visitante mais rápida e fácil de ser encontrada.

Este é o ponto principal de otimização para os mecanismos de busca, em especial, o Google. Os usuários da Internet pesquisam por termos e palavras para encontrar o que desejam e é de fundamental importância, pesquisar os termos dos nichos e especialidades do advogado, verificar a concorrência e a relevância deles para inserir estes termos nos conteúdos a serem publicados.

O conteúdo deve ser otimizado e relevante para que o Google o coloque na primeira página.

Tenha atenção às suas URLs nomeando as URLs do seu site seguindo alguma lógica.

É fundamental nomear as URLs do seu site seguindo uma lógica de navegação para que a indexação não seja prejudicada e os robôs do Google não leiam o seu site.

Por exemplo: Evite utilizar URLs como https://www.dominio/index.php?/oftalmo/cat=2258/prod=5984.

Procure usar URL como essa: https://www.advogadointernacional.com/imigracao/especialidade/portugal.

Invista em marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é a forma mais eficaz de transmitir conhecimentos, de orientar, de apresentar ao seu público-alvo ideias atrativas para atrair seus potenciais clientes, conquistar confiança e fazer conversões em vendas.

Quando o advogado conhece seu público-alvo e seu nicho de mercado, ele é capaz de gerar conteúdo útil, relevante e qualificado.

Na área do direito, o marketing de conteúdo é a forma mais efetiva de divulgar conhecimentos e se tornar uma autoridade no mundo digital. Os principais tipos de conteúdo são: artigos em blog, email marketing, ebooks, posts em mídias sociais, imagens, infográficos, podcasts e webinars.

Defina sua persona

Persona nada mais é que a personificação do seu cliente ideal, o seu público-alvo. Estude os clientes que você já tem. Eles têm algo em comum. Após isso, direcione suas campanhas para este público.

Como fazer marketing digital jurídico?

Uma das estratégias mais utilizadas é a criação de conteúdos para estabelecer um relacionamento de confiança com seu público alvo, pessoas que podem se tornar clientes de seu escritório.

Então, mas como você pode aplicar isso no seu negócio?

Você precisa entender os três pilares dessa estratégia:

Atrair potenciais clientes

Imagine uma pessoa com muita fome e realiza uma pesquisa para encontrar restaurantes e lanchonetes próximos do seu local?

Esse mesmo processo acontece com as pessoas que precisam de um advogado e estão perto de seu escritório, mas se você não souber aplicar o princípio de atração no mundo digital, provavelmente não conseguirá ser encontrado por essa pessoa.

A primeira coisa que você deve saber é que seu potencial público busca essas informações no maior e mais completo buscador da web, o Google.

Por isso que você deve criar uma conta no Google meu Negócio. Lá é possível inserir o endereço de seu escritório no Google Maps, responder dúvidas frequentes dos seus potenciais clientes e disponibilizar informações sobre o seu horário de atendimento.

É importante lembrar que você deve ter um website próprio, para reunir suas informações com conteúdos para relacionamento com o seu cliente por meio de um blog, vídeos e mídias sociais.

Converter potenciais clientes em clientes

Após atrair esse público será imprescindível que você consiga torná-lo seu cliente, mas, obviamente, nem todo mundo que consumir seus conteúdos se tornará seu cliente.

Por exemplo, no final de um artigo sobre determinado assunto, você deve oferecer seus serviços para que a pessoa agende uma consulta.

Converter clientes em clientes fiéis

Não adianta muito se você tem uma boa taxa de atração e uma péssima taxa de fidelização. Para ter retorno sobre o investimento será necessário tornar esse cliente fiel ao seu escritório.

Aqui também é possível realizar estratégias de conteúdos para melhorar esse índice, por exemplo, enviar um lembrete de retorno, uma mensagem de felicitação no aniversário do cliente ou um simples obrigado após a consulta realizada para gerar mais engajamento entre você e seu cliente.

Você pode enviar essas mensagens por SMS e email através de programas de automação baratos.

Existem diversas estratégias para fidelizar o seu cliente, como o marketing de relacionamento, por exemplo.

Por que as redes sociais são fundamentais para o marketing digital jurídico?

Para você entender a magnitude do marketing digital nas plataformas sociais, o Facebook divulgou as seguintes informações, em Fevereiro de 2019:

São mais de 2,7 bilhões de usuários ativos no mundo, isso quer dizer que mais de 30% da população mundial está utilizando o Facebook e ao lado do Google, as duas plataformas somam mais de 70% do mercado de publicidade digital.

O Facebook também é dona do Instagram, que possui crescimento fantástico. Atualmente são mais de 1 bilhão de usuários ativos e a expectativa é que a quantidade de usuários do Instagram passe o Facebook em 2022. São números exorbitantes.

Como advogados podem usar as redes sociais?

Você sabe os conteúdos que você tem que fazer para a contemplar a sua estratégia de marketing jurídico digital? Então, compartilhar esses conteúdos gratuitamente nas redes sociais gerará valor a sua marca e dará mais credibilidade ao seu escritório.

Separamos alguns dos pontos que sua página nas mídias sociais deve ter para se destacar com relação à produção de conteúdo:

Qualidade do conteúdo

Tanto o conteúdo escrito, quanto uma simples imagem deve ter ótima qualidade e simplicidade nas informações, além de uma agradável identidade visual.

Regularidade nas postagens

Ter uma rotina de publicação gera mais proximidade com as pessoas que seguem o seu canal nas redes sociais.

Diversificação de conteúdos

Ter por exemplo, toda segunda-feira um conteúdo para dicas aos clientes, na terça-feira compartilhar memes, na quarta-feira tirar uma selfie com um determinado cliente e falar sobre o que ele está fazendo (com autorização do cliente), na quinta-feira compartilhar um vídeo com dicas. Esse tipo de comunicação gera mais engajamento e proximidade do receptor (cliente) com o emissor (advogado).

Central de atendimento ao cliente

Disponibilizar as redes sociais para o cliente tirar dúvidas, ou até mesmo marcar uma consulta, certamente destaca o seu escritório dos demais concorrentes.

Somos uma das maiores agências do Brasil especializada em marketing para advogados e criamos uma assistente virtual que é otimizada para atrair clientes online, realizar agendamentos, enviar lembretes das reuniões e ainda receber pagamentos dos seus clientes de forma automatizada dentro do seu site. Se quiser conversar mais sobre marketing para advogados entre em contato com a telejud.

Receba gratuitamente nossos artigos

Após se cadastrar você poderá receber informações, notificações e eventualmente e-mails com nossos conteúdos e ofertas relevantes.

* Preenchimento Obrigatório
Whatsapp