Marketing Digital para Advogados

Banner Telejud Agende Reunião 970 x 250 px

Investir em marketing digital para advogados nunca foi tão importante como agora e você precisa aprender a atrair clientes na internet rapidamente, e com o mínimo de investimento, para aproveitar os 181 milhões de brasileiros que estavam conectados à internet em 2020 segundo pesquisa realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Só essa informação já deixa bem claro a necessidade da seu escritório de advocacia estar presente e atuante nesse meio, se dedicando ao marketing digital para advocacia.

84% dos advogados afirmam que a prospecção de clientes é o maior desafio na advocacia. Muita concorrência entre advogados, dificuldade na comunicação com seu público alvo e em estabelecer autoridade são os principais problemas apontados.

Essa dificuldade em conseguir clientes gera uma série de problemas, podendo chegar até ao fechamento de escritórios e é por isso que, para crescer na advocacia, é fundamental garantir a expansão constante da sua carteira de clientes.

A estratégia mais eficaz, rápida e lucrativa atualmente é realizada através de construção de autoridade online amplificada com tráfego pago e com a utilização de técnicas de SEO e copywriting na produção de seus conteúdos.

Mas como fazer isso…

CALMA, RESPIRE E CONTINUE SUA LEITURA

Trabalhamos com escritórios de advocacia há anos observando os caminhos que os clientes percorrem até a contratação de um advogado e conseguimos desenvolver um sistema próprio de marketing jurídico focado nesta jornada do cliente que queremos compartilhar com você.

Fundamentos do marketing jurídico digital

Os fundamentos do marketing jurídico digital não são tão diferentes do marketing tradicional. A principal diferença é que agora você tem a possibilidade de aplicar estratégias que deram certo em um ambiente com muita tecnologia e escala.

O objetivo continua o mesmo, atrair novos clientes, só que agora é possível realizar isso por meio do mundo digital, então, este é o momento para aumentar o número de seus clientes através de estratégias de marketing jurídico para prospects que estão em casa procurando seus serviços neste exato momento.

Quero inicialmente te fazer três perguntas essenciais?

Você pensa que estar somente postando nas redes sociais é suficiente para atrair clientes?

Se você tem um site, ele traz clientes com frequência?

Você já pensou que pode ajudar ainda mais pessoas caso tenha vocação para ser um especialista da internet?

Eu já imagino as suas respostas…

Chegou a hora de aprofundar suas estratégias de comunicação e vamos te ajudar nessa jornada sempre respeitando a ética recomendada pela Ordem dos Advogados locais.

Os limites do marketing digital para advogados

É fundamental neste caminho já perceber o tráfego online em particular e o marketing digital de maneira geral, como investimentos prioritários em sua empresa e carreira, pois do que adianta apenas ter um site ou perfis em diversas redes sociais sem uma audiência ativa?

Algumas ferramentas básicas do marketing digital que serão essenciais na atração de novos clientes são as seguintes:

  • Website – fundamental para captação de clientes;
  • Google – você vai precisar fazer tráfego pago e usar técnicas de SEO para aparecer na frente da concorrência;
  • Redes Sociais – para direcionar tráfego ao seu website de forma orgânica e paga;
  • Integrações – integração ao Website de ferramentas de agendamento, pagamento e atendimento à distância;

Ficar fora da internet atualmente é perder espaço para concorrência e diminuir sua chance de sucesso, mas é preciso ter muita atenção aos limites estabelecidos pelos órgãos regulatórios.

O advogado tem como característica fundamental a capacidade de resolução de conflitos e problemas. Não obstante, há muitas pessoas com dúvidas jurídicas e que desconhecem seus direitos mais básicos. Sabendo disso, você pode transmitir informações relevantes aumentando suas chances de ser encontrado por eles respeitando a regulação estabelecida.

O que pode ser feito?

  1. Fazer anúncio da sociedade de advogados, com nomes e registros da OAB dos advogados, número de registro da sociedade de advogados, endereço eletrônico e horário de atendimento;
  2. Advogado pode ter website, blog e fazer anúncios no Google, observando a mesma moderação de outros meios tradicionais de publicidade;
  3. Advogado pode ter logotipos, mas têm de ser compatíveis com a sobriedade da advocacia.
  4. Advogado pode mencionar a especialidade do escritório em anúncios;
  5. Advogado pode usar fotografias no seu site, que devem ser compatíveis com a sobriedade da advocacia;
  6. Pode ser feita a divulgação de eventos nos quais o advogado irá participar como palestrante.

O que não pode ser feito?

  1. Advogado não pode fazer divulgação através de rádio ou TV;
  2. Advogado não pode usar cores extravagantes na placa de identificação do seu escritório de advogacia;
  3. Advogado não pode oferecer serviços via fax ou via email;
  4. Advogado não pode fazer publicidade em locais de utilização pública;
  5. Advogado não pode fazer publicidade ao lado de ofertas de serviços e produtos de consumo;
  6. Advogado não pode fazer publicidade em paredes de edifícios nem em objetos;
  7. Advogado não pode fazer publicidade através de eventos que não for da área jurídica;
  8. Advogado não pode utilizar de expressões próprias de atividade comercial , como “consulte-nos hoje mesmo!” ;
  9. Advogado não pode divulgar o preço dos serviços;
  10. Advogado não pode oferecer consulta gratuita em seu site;
  11. Não é permitida a utilização de fotos dos prédios dos Tribunais em sua publicidade;

8 estratégias de marketing digital para advogados para você aplicar

1. Quem é o seu público?

Primeiramente, persona nada mais é que a personificação do seu cliente ideal, o seu público alvo. Não há nada mais importante do que conhecer o cliente que você quer conquistar.

Você já deve ter ouvido os termos “avatar”, “prospect” ou “público alvo”, que são a mesma coisa, a representação de seu cliente ideal.

Cada empresa pode ter vários “avatares” ou segmentos diferentes dentro de sua audiência. Cada serviço que você vende também tem diferentes avatares, pois diferentes serviços atraem diferentes pessoas. Cada avatar de cliente tem suas motivações, objetivos e objeções sobre te contratar (ou não), por isso é importante que você enquadre sua mensagem em torno das necessidades exclusivas de cada um deles.

Como o marketing digital é composto por várias disciplinas diferentes, marketing de conteúdo, email marketing, tráfego pago, redes sociais, copywriting, websites, SEO, análise de métricas … e a lista continua…, cada uma dessas disciplinas tem seu próprio conjunto de habilidades para dominar.

Mas identificar o avatar do cliente é uma das habilidades necessárias para todas as disciplinas do marketing digital e qualquer parte do seu processo de marketing e vendas vai melhorar quando você definir o avatar do seu cliente.

Quando você esclarece as características dele, é muito mais fácil encontrá-lo e apresentar a mensagem certa que o leva à ação. Quando você cria um avatar de cliente, está escolhendo ativamente com quem deseja trabalhar, portanto, sua descrição aqui precisa ser das pessoas que você deseja atrair para o seu negócio, não apenas dos seus clientes atuais.

Pense em um cliente existente que seja perfeito para seu negócio. Construa o seu avatar em torno dessa pessoa. Estude os clientes que você já tem. É garantido que eles têm algo em comum.

Após isso se desejar passe a informação para uma agência de marketing digital para advogados, que direcionará a comunicação para este público de forma assertiva aproveitando os avançados algoritmos de inteligência artificial das ferramentas disponíveis.

Ao criar sua persona, você vai capacitar a si mesmo e sua equipe para criar campanhas de marketing mais direcionadas e mensagens que conectam com os pontos fracos de seus concorrentes e os objetivos do seu público alvo.

O resultado final? Mais leads e clientes para você.

2. A jornada de seu cliente

Em sua essência, negócios são muito simples: os clientes pagam por produtos ou serviços para movê-los de um indesejável “estado atual” para um desejável “estado posterior”, então você precisa dominar essa transformação do estado anterior para o estado posterior de uma forma que irá conectar com seus clientes pois no final, você terá tudo que precisa para criar uma mensagem de marketing forte que levará a mais vendas e clientes satisfeitos.

Então foque sempre na Transformação

É fundamental que você entenda o caminho que seu cliente normalmente percorre antes de efetuar uma contratação. Normalmente ele segue os estágios abaixo:

  1. A pessoa conhece você ou seu negócio através de relações pessoais, recomendações, anúncios, pesquisas no Google ou redes sociais.
  2. A pessoa se interessa pelo seu serviço consumindo seus conteúdos, engajando nas suas redes sociais, vendo seus vídeos, etc.
  3. A pessoa passa a confiar em você, percebe sua autoridade em algum tema específico e decide deixar o contato ou enviar alguma mensagem.
  4. A pessoa começa a considerar que o seu serviço resolve algum problema, desejo ou necessidade dele.
  5. A pessoa decide virar cliente.
  6. A pessoa gosta do seu serviço e passa a promover a sua marca.

Para montar sua estratégia de construção de audiência você deve pensar nessas fases e criar conteúdos para cada uma delas, sempre pensando em qual mensagem vai enviar a seguir.

O sucesso na construção de audiências focadas em conversões envolve em criar um sistema em que as campanhas estejam configuradas para etapas diferentes do funil de vendas com o objetivo de fazer a pessoa avançar no relacionamento com você até virar um promotor de sua marca.

Para entender esta jornada de compra do cliente e aplicar os conceitos de funil de vendas você precisa antes responder as seguintes perguntas:

Qual valor seu serviço traz?

Por que sua empresa existe? Por que um cliente em potencial deveria te contratar? Eles não se importam com o que você está vendendo, eles só se preocupam em saber como o seu serviço resolverá algo na vida deles.

Como você transformará intencionalmente e com previsibilidade os prospects em leads, vendas e promotores?

Se você tiver pelo menos um único cliente, já existe uma jornada de compra (e de valor) do cliente para seu negócio e a questão é se você gerou aquele cliente intencionalmente e, mais importante, se e como poderia fazê-lo novamente?

Pense sobre o valor que você está fornecendo e como você transforma seus clientes de maneira intencional e previsível.

3. Website profissional para advogados

Sites para advogados são ativos digitais indispensáveis para o compartilhamento de informações, construção de autoridade e mecanismo de diferenciação em mercados com muita competição.

O seu endereço virtual é tão importante quanto o seu endereço físico pois é lá que os interessados vão te localizar, conhecer sua especialidade, entender seus serviços e a partir daí se tornarem clientes.

Site profissionais para advogados têm a missão de receber um futuro cliente, encantá-lo e gerar a conversão (agendamento de reunião). Ele deve ser utilizado como uma extensão das suas ações para obter clientes. Essa ferramenta deve agregar valor ao seu trabalho e entregar conteúdos relevantes como textos, artigos e vídeos.

Atenção especial com a versão mobile do seu site, pois 70% das pesquisas atualmente são feitas por celulares.

Websites não só ajudam os advogados a promoverem seus serviços, mas também permitem que eles se diferenciem de seus concorrentes, especialmente para interessados que dependem muito da Internet para obter referências de seu escritório

Então, definitivamente  você vai precisar de um website profissional, atraente e que diferencie os seus serviços.

30% dos usuários da internet desconsideram empresas que não tem website

Uma pesquisa das Páginas Amarelas americana constatou que, em média, os consumidores usam aproximadamente três fontes de informações antes de tomar uma decisão e 30% dessas pessoas tiram automaticamente um negócio da consideração se ele não tiver um website.

Se você não possui um website, você está em grande desvantagem com relação aos seus concorrentes, especialmente se eles estiverem efetivamente fazendo marketing digital de forma eficaz.

Os consumidores esperam que as empresas tenham presença online (incluindo um website) e consideram uma empresa que não possui website como menos profissional.

Há uma grande razão pela qual muitas empresas investem em websites com otimização de performance…

97% das pessoas acessam a internet para encontrar uma empresa local e 93% das experiências online começam com um mecanismo de busca como o Google. 

Hoje, os clientes estão constantemente pesquisando em computadores, tablets e smartphones e ter um website permite que eles encontrem sua empresa e aprendam sobre seus negócios e o que eles oferecem a qualquer hora e em qualquer lugar.

No competitivo ambiente de pesquisa online de hoje, o conteúdo é essencial e o Google está sempre reformulando seus algoritmos para atender melhor às pesquisas dos usuários, recompensando os conteúdos que fornecem aos visitantes informações úteis e uma boa experiência do usuário.

75% dos consumidores fazem julgamentos da credibilidade baseados em websites

Não ter um site profissional para advogado faz com que as pessoas confiem menos em você. De fato, em 2018, 75% das pessoas admitem fazer julgamentos sobre a credibilidade de uma empresa com base no design do site.

As pessoas são mais propensas a fazer negócios com uma empresa em que confiam e um website é o primeiro lugar para verificar suas credenciais.

Você pode criar uma presença para sua empresa nas redes sociais, mas está restrito às plataformas em termos de design, processo e tecnologia.

Um website profissional para advogados ajuda escritórios de advocacia a aumentarem flexibilidade, controle de sua marca e autoridade. Para ter credibilidade e atrair novos clientes, um website então faz muita diferença.

Os principais benefícios para o advogado ter um site são:

  • Ser encontrado através dos mecanismos de buscas, principamente o Google.
  • Divulgar os seus serviços.
  • Conectar com as redes sociais.
  • Expor seus trabalhos.
  • Contar novidades.
  • Publicar sua participação em eventos.
  • É importante para referências.
  • Ter seu próprio domínio te dá mais credibilidade
  • Um website pode ser visitado 24 horas por dia para não deixar de lado nenhuma oprtunidade.

Um dos grandes desafios aqui é construir sites atrativos que gerem conversões, então é importante criar um website com conteúdo relevante com curiosidades, análises e dicas para que o advogado passe a ser visto como uma autoridade na sua especialidade.

Porém nada adianta ter um site com conteúdo de valor e lindo, se ele não conseguir ser encontrado pelo Google. Para solucionar esse problema, o marketing jurídico precisa utilizar os anúncios online e técnicas de SEO (Search Engine Optimization) em suas estratégias.

4. Anuncie no Google

Você pode pagar para posicionar seu site em posições de destaque da primeira página da pesquisa para as palavras chaves que você escolher.

Essa técnica é a mais rápida para atrair clientes, pois eles já estão procurando pelo tipo de serviço que você oferece.

Um bom posicionamento no Google na busca orgânica também fará toda a diferença, mas é uma estratégia mais lenta.

Pesquisas apontam que os usuários da internet pesquisam até a segunda página no Google. Se seu site não está nessas duas páginas da pesquisa, ele não será visto pelo seu público alvo.

O Google Ads é um sistema de publicidade que ajuda o site a aumentar o seu tráfego, pois coloca você imediatamente na frente das pesquisas. Os primeiros resultados de uma pesquisa normalmente são anúncios de empresas que pagaram para estar lá, acima de todos os concorrentes.

Todos os dias pessoas procuram por palavras chaves ligadas à diversas especialidade, “advogado trabalhista” por exemplo e anunciando no Google você tem a opção de pagar apenas se o visitante clicar no seu anúncio, o que torna seu investimento mais eficiente.

Antes de começar a criar seus anúncios e comprar tráfego, você precisa definir suas metas, orçamento disponível e KPI’s (Métricas Chaves). Tudo isso para garantir o melhor retorno de investimento, que é o objetivo principal de suas campanhas de tráfego pago.

Foque sempre em buscar a resposta de quanto está custando o seu lead e até quanto você pode pagar por cada um deles?

Para mostrar se você está no caminho certo é importante medir indicadores como o CPA (Custo por Ação), ou seja, quanto você está gastando para atrair um interessado, seja ele uma pessoa que deixou os dados em um cadastro ou uma pessoa que enviou alguma mensagem vindo de um anúncio.

Imagine que você tem uma verba de investimento mensal de $1.000 e quer estimar o que vai acontecer no fim dos 30 dias de anúncios.

Com o valor do seu serviço, o custo por lead e a taxa de conversão você poderá responder a esta pergunta.

Vamos supor que uma consulta sua custe $500, seu custo por lead seja de $3 e a taxa de conversão seja de 10%, você terá os seguintes resultados estimados:

Leads Estimados: Verba de Investimento ($1.000) / CPL ($3) = 333 leads
Vendas Estimadas: Leads Estimados (333) x Taxa de Conversão(10%) = 33 vendas
Faturamento Estimado: Vendas Estimadas (33) x Valor Serviço ($500) =$16.500

Se sua margem de lucratividade for de 40% por consulta, este investimento mensal te deixará $6.600 de lucro, ou seja ROI de 6,6.

Quando você iniciar sua campanha e perceber que seu custo por lead está maior que o previsto, você precisa fazer alterações para que o custo abaixe e você atinja os resultados estimados.

Se quiser aprofundar neste assunto, recomendamos a leitura de nossos artigos sobre Google Ads para advogados e tráfego pago para advogados.

5. Crie um perfil no Google meu Negócio

O Google meu negócio é uma ferramenta gratuita indispensável para seu escritório de advocacia aparecer nas buscas orgânicas do Google. Ele funciona de uma forma muito dinâmica e atrai a atenção dos utilizadores por meio de pesquisas locais.

Os resultados de pesquisa são obtidos por localização, por isso a captação de clientes vai ser maior já que eles estão próximos do seu escritório.

Veja aqui como usar o Google meu Negócio para advogados.

6. Utilize as redes sociais com inteligência

Para você entender a magnitude das plataformas de redes sociais, o Facebook divulgou as seguintes informações, em Fevereiro de 2019:

São mais de 2,7 bilhões de usuários ativos no mundo, isso quer dizer que mais de 30% da população mundial está utilizando o Facebook.

Ao lado do Google, as duas plataformas somam mais de 70% do mercado de publicidade digital.

O Facebook também é dona do Instagram, que possui uma grande base de usuários. Atualmente são mais de 1 bilhão de usuários ativos e a expectativa é que a quantidade de usuários do Instagram passe o Facebook em 2022. São números exorbitantes.

Então, ficar fora das redes sociais não é uma opção para os advogados que estejam investindo em marketing digital.

É preciso planejar e executar uma estratégia voltada para redes sociais para que você interaja com seu público alvo e envie tráfego para seu site.

Escolha as redes sociais mais indicadas para sua especialidade, pois não é necessário estar em todas as mídias. Elas serão aliadas na comunicação com seu público e servem para fortalecer a autoridade, credibilidade e reconhecimento junto ao seu público alvo.

É muito útil também contar com uma consultoria de uma agência de marketing digital para advogados no planejamento e execução dessa etapa pois é preciso ter cuidado com relação ao que será divulgado. As ações de marketing digital para advocacia são restritas.

Já escrevemos um guia completo do Instagram para advogados e um guia do advogado para redes sociais, que podem ser acessados clicando nos links ao lado.

7. Invista em SEO

Já mencionamos a importância do SEO (Search Engine Optimization) para o Google, mas vale a pena ressaltar a importância e a diferença que ele faz no marketing digital para advogados.

O marketing jurídico deve utilizar palavras de nicho específicas em seus conteúdos para tornar a pesquisa do usuário mais rápida e fácil de ser encontrada. Este é o ponto principal de otimização para os mecanismos de busca, em especial, o Google.

Os usuários da Internet pesquisam por termos e palavras para encontrar o que desejam, então, é de fundamental importância, pesquisar termos relacionados ao nicho e a especialidade e verificar a concorrência e a relevância deles.

Para iniciar sua estratégia de SEO, você deve primeiro definir como estão seus rankings no Google, saber quais são as palavras chave que já trazem tráfego ao seu site além de definir suas palavras chave semente (seed keywords).

Palavras chave semente são as palavras chave iniciais, que descrevem o seu nicho. São curtas, geralmente uma ou duas palavras, e costumam ser simples. É uma base, um ponto de partida, portanto identificá-los não pode ser uma grande dificuldade para você. Advogado criminal por exemplo.

Pense nas palavras que melhor descrevem o seu serviço, palavras chave que você acha que os clientes poderiam usar para pesquisar sobre o serviço que você oferece nos mecanismos de pesquisa.

Depois de decidir sobre as palavras chave semente, identifique as suas palavras chave que já geram tráfego para seu site no Google Search Console, que é uma ferramenta gratuita criada pelo próprio Google para ajudar você a monitorar, manter e solucionar problemas do seu site nos resultados da Pesquisa do Google.

Depois que você tiver a lista de palavras chave semente e conhecer seus rankings atuais, você precisa aprender a gerar novas ideias de palavras chave, filtrá-las de acordo com várias métricas de SEO e deixar apenas aquelas que tenham maior potencial de melhorar o ranking de seu website no Google.

Seus clientes em potencial quando estão procurando por um serviço recorrem aos mecanismos de pesquisa, principalmente o Google. Eles digitam um termo de pesquisa e precisam encontrar seu site nos resultados.

Em outras palavras, o seu conteúdo tem de ser otimizado e relevante para que o Google o coloque na primeira página.

Tenha atenção especial às URLs. É fundamental nomear as URLs do seu site seguindo uma lógica de navegação para que a indexação não seja prejudicada e os robôs dos buscadores consigam ler o seu site.

Por exemplo: Evite utilizar URL como https://www.dominio/index.php?/oftalmo/cat=2258/prod=5984 e procure usar uma URL como: https://www.dominio.com/imigracao/portugal.

Para saber mais sobre este assunto caso tenha interesse, temos um excelente artigo sobre SEO para advogados, onde é possível baixar um ebook gratuito para que você também use esta estratégia para captar clientes online ou se precisar de ajuda procure uma agência de marketing digital para advogados que trabalhe com SEO.

8. Produza conteúdo de valor

O marketing de conteúdo para advogados é a forma mais eficaz de repassar conhecimento, de orientar, de se tornar uma autoridade em algum tema, principalmente por conta das limitações de publicidade existentes.

Quando o advogado conhece seu público alvo e seu nicho, ele é capaz de gerar conteúdo útil, relevante e qualificado.

Antes de iniciar a produção de seus conteúdos, é fundamental você perceber qual o propósito deles.

Normalmente, o objetivo final dos conteúdos é promover a venda de seus serviços, logo, o plano do conteúdo tem de estar alinhado com as estratégias para conquistar clientes.

Você provavelmente sabe mais sobre sua empresa, serviço e público alvo do que qualquer outra pessoa, então criar conteúdos com esse conhecimento é bem mais fácil.

Quando você decide contratar uma agência ou profissional de marketing jurídico para criar conteúdos, é necessário que ele faça um esforço para adquirir essa compreensão antes mesmo de começar a produzir qualquer coisa.

E isso leva algum tempo, energia e ainda não há maneira de obter exatamente a mesma compreensão total e os mesmos insights intuitivos da experiência que você acumula em sua especialidade.

Então para começar é necessário que você pense nos serviços que oferece, em suas ofertas e proposta de valor antes de contratar alguém para te ajudar.

Depois vem a produção de conteúdo e posterior promoção deste conteúdo para que ele chegue na maior quantidade possível de pessoas que podem estar interessadas em você.

Neste momento o apoio de especialistas em tráfego pago e copywriting para advogados é muito útil.

Copywriting é o processo de escrita de textos persuasivos para ações de marketing e vendas, como conteúdos de email, sites, anúncios e cartas de vendas, por exemplo. O profissional responsável pelo desenvolvimento do texto (também chamado de copy) é conhecido como copywriter.

Copywriting para advogados é o ato de produzir textos de conteúdo jurídico para seus ativos digitais (sejam eles sites, posts em redes sociais, eBooks, emails, etc.) com o objetivo de guiar sua audiência na tomada de alguma decisão.

Quando você entende sua audiência e sabe o que vai vender e ofertar, você estará pronto para desenvolver seus conteúdos nas formas de artigos, posts, vídeos e recompensas digitais com as adaptações das técnicas persuasivas e de SEO pertinentes.

Os principais tipos de conteúdo que você deve fazer são:

  • artigos em blog,
  • email marketing,
  • ebooks,
  • posts em redes sociais,
  • podcasts,
  • webinars.

Como aplicar o marketing digital para advogados?

Então, mas como você pode aplicar isso no seu negócio? Você precisa entender os três pilares dessa estratégia:

Atrair potenciais Clientes

Sabe quando você está com muita fome e faz uma pesquisa para encontrar um restaurante perto de você? Pois esse mesmo processo acontece com as pessoas que precisam de um advogado e estão perto de seu escritório.

Mas, se você não souber aplicar o princípio de atração no mundo digital, provavelmente não conseguirá ser encontrado por essa pessoa e a primeira coisa que você deve saber é que seu público busca essas informações no maior e mais completo buscador da web, o Google.

Em sua conta no Google meu Negócio você vai colocar o endereço de seu escritório no Google Maps, responder dúvidas frequentes dos interessados e disponibilizar informações sobre os dias e horários de atendimento.

Em seu blog você vai reunir notícias e artigos, pois uma estratégia eficaz necessita de conteúdos para relacionamento com o seu cliente que você vai fazer por meio do blog e das redes sociais.

Nesta etapa, você vai lidar com um público que não te conhece e nunca entrou em contato com algum conteúdo seu.

O objetivo aqui é fazer com ele te conheça e comece a consumir seu conteúdo e para falar com esse público precisamos fazer uma comunicação indireta, indicando que ele precisa do seu conteúdo e tangibilizando um problema que ele não sabe que tem.

Você vai falar sobre dúvidas gerais do mercado com conteúdos mais profundos e vai distribuir este conteúdo nas redes sociais anunciando para público aberto amplo trabalhando o posicionamento orgânico no Youtube e Google com técnicas de SEO (Search Engine Optimization).

Converter potenciais clientes em clientes

Após atrair esse público será fundamental que você consiga torná-lo cliente, contudo, obviamente, nem todo mundo que consumir seus conteúdos se tornará cliente, mas é preciso lutar para ter uma boa taxa de conversão.

O público morno é composto por pessoas que já tiveram o primeiro contato com você, conhecem você. O objetivo aqui é a conversão em leads (cliente em potencial que deixou seu contato) e, posteriormente, a realização da primeira compra desse cliente.

Nessa fase, os prospects já tem a percepção do problema e uma pequena noção da solução, por isso, devemos criar conteúdos mais profundos (falando da solução) e entregar alguma pequena vitória contra o problema.

É para esse público que faremos a primeira campanha de remarketing com anúncios online utilizando o público das pessoas que já te conhecem, já leram algum artigo ou viram alguns dos seus vídeos.

Você deve fazer um anúncio oferecendo uma recompensa digital e depois disso se comunicar com o prospect por email. Outra ação interessante é levar o cliente em potencial para uma aula online ou diretamente para um vídeo de vendas.

Transformar clientes em clientes fiéis

Não adianta muito se você tem uma boa taxa de atração e conversão, mas uma péssima taxa de fidelização pois para ter retorno sobre o investimento será necessário fidelizar este cliente ao seu escritório.

Aqui, também é possível usar diversas estratégias de produção de conteúdos para melhorar essas taxas.

Por exemplo, enviar um lembrete de retorno, uma mensagem de felicitação no aniversário do cliente ou um simples obrigado após uma consulta realizada gera um maior engajamento. Você pode enviar essas mensagens por SMS e email através de programas de automação baratos.

Esse é o público que vai gerar a maior lucratividade para o seu negócio, pois ao chegar nessa etapa, o prospect normalmente já tem a percepção do problema e está no processo de escolha da solução de quem comprar.

Para este público usaremos o remarketing de forma mais intensa, pois as pessoas já passaram pelas outras fases e estão prontas para comprar ou para comprar novamente caso recebam uma boa oferta.

Os tipos de conteúdos que podemos oferecer para este público são chamados de conteúdos de fundo de funil, com ofertas direcionadas às pessoas que estão busca a solução de um problema.

Conteúdos de fundo de funil são mais diretos e têm uma oferta clara. A pessoa já está consciente do problema e buscando uma solução. Os conteúdos para este público devem ser mais direto sem precisar de muita explicação.

E como me destacar nas redes sociais?

Você já sabe os conteúdos que você tem que fazer em sua estratégia de marketing digital. Então, compartilhar esses conteúdos nas redes sociais vai gerar mais valor e dará mais autoridade ao seu escritório. Separamos alguns dos pontos que suas redes sociais devem ter para se destacar:

Qualidade

Tanto o conteúdo escrito quanto as imagens devem ter ótimas qualidades, simplicidade nas informações e uma agradável identidade visual;

Regularidade

Ter uma rotina de publicação gera mais proximidade com as pessoas que te seguem em suas redes. Seja consistente e frequente na produção de conteúdos;

Diversificação

Ter por exemplo, toda segunda-feira um conteúdo com dicas, na terça-feira compartilhar memes, na quarta-feira tirar uma foto com um cliente e falar sobre o que ele está fazendo (com autorização dele claro), na quinta-feira compartilhar um vídeo com mais dicas. Esse tipo de comunicação gera mais engajamento e proximidade do receptor (cliente) com o emissor (escritório);

E agora, como começo?

O diferencial do nosso sistema e dos resultados que ele proporciona não está apenas nas ferramentas que utilizamos e sim na forma como utilizamos, focado em conduzir novos clientes em uma jornada de descoberta até a contratação e que nos permite desenvolver estratégias capazes de aumentar o número de visitantes do seu site com trafego orgânico e trafego pago.

Somos uma agência de marketing digital para advogados e criamos um assistente virtual que é otimizado para atrair clientes online, realizar agendamentos, enviar lembretes das reuniões e ainda receber pagamentos dos seus clientes de forma automatizada dentro do seu site.

Estamos em várias redes sociais dando dicas valiosas por lá, então siga-nos na sua rede preferida e caso queira conversar mais sobre marketing para advogados entre em contato aqui com um dos nossos especialistas.

Banner Agende Reunião 320 x 100 px

Receba gratuitamente nossos artigos

Após se cadastrar você poderá receber informações, notificações e eventualmente e-mails com nossos conteúdos e ofertas relevantes.

* Preenchimento Obrigatório

Dúvidas na escolha do seu plano?

Estamos aqui para te ajudar. Clique no botão abaixo.

Telejud Logo
Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Oi, posso ajudar?